domingo, 10 de agosto de 2008

Passeando e comparando

Passeando pela Galiza, vamos verificando a grande evolução que esta região apresenta. A limpeza das ruas, sem excrementos de gaivotas nem de cães, o ordenamento dos edifícios, os passeios marítimos com zona própria para peões e ciclistas, os largos passeios onde os peões não são confrontados com a presença constante dos automóveis (não vislumbrei durante todo o tempo automóveis em cima de passeios) dando perfeitamente para pais e filhos passearem, em oposição com os estreitos caminhos para peões onde são confrontados com a "chinfrinei ra" das buzinas, ou seja, tudo no seu sítio.
 

Nesta imagem, passeio marítimo em A Corunha

Em Cambados, acesso a praia com passeios, proximidade de muralhas, pisos sintéticos para prática de desportos.


Ainda em Cambados, passeio marítimo de grande dimensão com pista a todo o comprimento para ciclistas e atletas.

Não podemos ver estas imagens sem nos lembrar-mos imediatamente da comparação com as nossas zonas típicas, como as muralhas, a minha antiga praia de Peniche de Cima como se tornou, a Fortaleza por reparar/resolver, etc.

Vem-me à memória o célebre Referendo (chumbado) feito a propósito da Regionalização e que a meu ver não teve o apoio devido dos promotores e teve uma campanha demagógica dos opositores da Regionalização, estou-me a lembrar do Prof. Marcelo R. Sousa, e pergunto a mim mesmo se Portugal não está a perder por cada ano que não tem as Regiões formadas. Pelo menos é essa a sensação com que fico quando vou a uma região autonómica como por exemplo a Galiza, acho até que faria bem aos nossos responsáveis autárquicos que uma vez por outra em vez das tradicionais férias no Brasil ou no Algarve ou mesmo na nossa terra porque não?, optassem por uma visita de estudo a esta região e tirassem ilações de como ordenar localmente uma pequena cidade ou Vila. Aprende-se sempre.

P.S. Já alguém com responsabilidades se pôs a pensar porque é que antigamente as gaivotas só nidificavam nas ilhas da Berlenga e agora, cada telhado tem um ninho dentro da Cidade?

Sem comentários: