sábado, 15 de novembro de 2008

O que é nosso?

Nada é nosso,

Nem móveis, nem casas, nem terras, nem filhos.

Nossos são os trabalhos,

Que nos arranjam, que arranjámos.

Isto é só uma passagem.

Não fazem sentido certas coisas.

Património não é o dinheiro, nem a casa, nem a terra,

Património são as ideias que vão ficando, o quadro que se pinta e se imortaliza, a fotografia daquele momento ou daquele local, o livro que se escreveu.

O importante é a maneira como vamos vivendo e a mensagem que vamos deixando.

O importante é a ética, a moral, a verticalidade a seriedade, e isso não tem nada a ver com deuses ou religiões ou política, tem a ver com o homem,

O seu legado terá influência positiva ou negativa nos que vão ficando.

O resto é ilusão

5 comentários:

Luis Santana disse...

Nota 10 para ti Chico!!! Um grande abraco.Luis

Bernardo Costa disse...

É muitíssimo agradável ler um texto destes nos dias que correm.

ALBINO disse...

O Mundo estaria bem melhor se todos pensasem assim Chico..estou de acordo e dou-te os meus parabens
Um abraco forte
Albino

Anónimo disse...

Li com muita atenção este teu texto.e interiorizei."nada é nosso".Esta é a grande verdade desta passagem que mencionas.Apenas gostava de acrescentar que há um outro património,um outro legado não menos importante:"O Amor",que recebemos,o amor que damos(que por vezes não passam de migalhas)Porque é no Amor que se formam os grandes homens,na humildade,na paz e nas grandes"Obras " que vão ficando,nos ensinamentos que se vão deixando.
Bem hajas pelo teu blog.
um abraço.

Anónimo disse...

ola chico nao ha palavras ..Humberto Silva .parabens...adeus