quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Imagens de um passado recente

Passam hoje 101 anos da implantação da Republica, mas as imagens que mostro são de outro movimento revolucionário e social.
São imagens do passado, no entanto eram um sinal de esperança, a liberdade andava na rua, conversava e ria com pessoas que nem conhecia, todos estavam contagiados, eram os dias a seguir a 25 de Abril de 1974, em Peniche, não assisti, estava na minha Unidade da Força Aérea, em Montejunto. As negociações para a libertação dos presos políticos da Fortaleza foram com certeza difíceis, mas finalmente ia acontecer.
As imagens servem para recordar, só, sabemos dos tempos difíceis que aí estão, dos piores que, dizem, ainda hão-de vir, mas que na hora de tomar decisões, apesar das imposições “troikanas” ou lá o que é, apesar disso, que se tenha em mente aqueles que pouco ou nada possuam, que será sempre a parte mais fraca, não estraguem (os) completamente o que foi feito no campo social nestes últimos trinta e tal anos.











Para reflectir.


Fotografias enviadas por um amigo
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

5 comentários:

Jacinto Neves disse...

Boas Fotos!
25 de abril Sempre!

Álvaro Marques disse...

Gostei de ver estas fotos que desconhecia, nessa altura estava em Angola (28 meses).
Claro que foi tudo muito bonito mas agora estamos a pagar com língua de palmo (como se costuma dizer)e só não nos vão tirar a pensão porque não podem porque tudo o que seja regalias "acabou".
Tal como dizia o grande "ZECA" : ELES COMEM TUDO E NÃO DEIXAM NADA... Um abraço

elvira carvalho disse...

Boas recordações. Nestes 101 anos a República avançou aos soluços, quase sempre 2 passos em frente e um atrás. Ultimamente porém parece que inverteu a marcha e vai de um para a frente e dois para trás.
Um abraço e bom fim de semana

Aniceto disse...

Tambêm não conhecia estas fotos e que alegria ao vê-las, gostaria de estar presente nesse dia,mas guardo com saudade e recordação esse dia pois encontrava-me a trabalhar na Marinha Grande, quando vejo todos os operários das fábricas de vidro sairem para a rua festejar, foi uma sensação que nunca esqueço.
Luis Aniceto

JOEL VIOLA disse...

Não conhecia éstas fotos, nem pode viver o momento no local. Porque o 25 de abril, apanhou-me na Guiné, já com a comissão acabada,(27meses e meio). Este 25 é passado, o Pais. Precisa de um novo 25, para por fim a tanta corrupção e enriquecimento ilicito por parte dos politicos.
Abraços JOEL VIOLA.