quinta-feira, 24 de novembro de 2011

O "Mestre Malheiros"


Este barco foi construído em 1981 nos Estaleiros da Gamboa em Peniche de Cima, foi o maior barco feito naquele Estaleiro e em Peniche com 32 metros de comprimento, o que levantou alguns problemas no bota-abaixo, era para ser feito em Vila do Conde no Samuel, mas acabou por ser feito em Peniche.

O nome “Mestre Malheiros” é uma homenagem ao Mestre do Estaleiro que adoeceu na altura da adjudicação da obra.

Hoje pesca na Mauritânia e vem muitas vezes a Peniche para descarga.

Fotografia enviada por Miguel Lourenço de Sesimbra.

4 comentários:

jorge saldanha disse...

Olá Chico! Parabéns pala cara lavada. Ficou bonito, mais, o teu sítio. Quanto ao Mestre Malheiros, embarcação, que não se lembrará do maior construido naquele estaleiro e em Peniche? Quanto ao Mestre Malheiros, pessoa, como é possível não nos lembrarmos do dono do maior estaleiro dePeniche? Eu, não poderei esquecer nunca, as brincadeiras que tinha no estaleiro, na minha infância, ou não fosse lá que parti pela primeira vez o braço!!! E depois pela figura do Sr. Manel Malheiros.
Abraço.

Miguel Lourenço disse...

E um outro barco de Peniche que se chama "David Malheiros" tem alguma ligação!!!

Francisco Germano Vieira disse...

O David Malheiros era filho do Sr. Manuel Malheiros e adoeceu precisamente nesta altura, se não estou em erro.

Avelar disse...

Ora bem Penicheiros, para construir esta embarcação ao lado do Salva Vidas, veja-se a altura de areia que tinha a nossa praia.
Não dá para perceber a atitude de quem tem obrigação de tomar medidas.
Um abraço de Peniche de Cima