sábado, 10 de dezembro de 2011

A cimeira

O euro Realizou-se mais uma cimeira da UE, desta vez seria a mais importante, a decisiva, aquela que ditaria a resolução de todos os nossos problemas, estiveram a “partir pedra” até às 5 (cinco) da madrugada e o resultado foi… o que se esperava, a Inglaterra defendeu as suas posições (legitimas) a França e principalmente a Alemanha levaram “a água ao seu moinho” e conseguiram aprovar “quase” tudo o que levavam nas pastas, apenas a irredutibilidade da Inglaterra que não quer perder a sua soberania, não assinou a alteração dos Tratados.
O resto foi igual, uns dizem que vão saber junto dos seus povos (partidos) se pode ser assim, outros “vão pensar”, outros ainda estão na expectativa, outros ainda “porque sim, aliás se a Alemanha quer”… outros ainda nim.
Na Segunda-Feira os famosos Mercados dirão de sua justiça, até lá… Um bom fim de semana.

Sem comentários: