terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Ela quis ficar na fotografia

ficounafotografia

7 comentários:

elvira carvalho disse...

E fez ela muito bem.
Um abraço

Anónimo disse...

Chico; esta muito bem tirada continua um abraco . H.Silva

Albino disse...

E ficou mesmo no centro da fotografia..Excelente!.Abraco

Ramiro Viegas disse...

A fotografia está explêndida e merecedora de uma reflexão. "Talvez a gaivota não pretendesse ficar na fotografia mas sim, transmitir-nos que procurava, algures por aquele espaço, um areal branco e fino que, outrora ali existiu, onde estas aves descansavam por vezes nos seus contínuos voos mas, esta,desconhece que o desenvolvimento, vai destruindo o que de mais belo existe no planeta.Ela,como todos nós,ficámos mais pobres pelo desaparecimento daquele areal que,hoje se existisse não só ambientalmente enriquecia a nossa terra como também era geradora de desenvolvimento turístico de Peniche. Contudo, outros valores se levantaram e, aqueles a quem chamam UM NÚMERO, nada conseguem alterar. E, assim de uma forma também fugaz a gaivota que ficou na foto seguiu outro rumo sem encontrar o que talvez procurava para descansar sobre aquele areal destruído para satisfação daqueles que nos indicam os caminhos cheios de curvas e declínios que nos vão conduzindo ao precipício.

Aniceto disse...

Como ex-fotógrafo que sou considero uma excelente foto tirada no momento certo.
Parabêns.
Aproveito para enviar um abraço ao Ramiro Viegas, cujo comentário anterior me sensibílizou e criou uma certa nostalgia.
Luis Aniceto

Albino disse...

Tambem e tal como o Aniceto concordo plenamente contigo em tudo o que disseste Ramiro Viegas,Embora longe da minha terra,vivo intensamente tudo o que se passa por ai..Obrigado e um abraco.

Isabel & Emanuel Alves disse...

Excelente foto.