segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

2013, as esperanças

Há sempre esperança

Há sempre esperança, do nosso doente recuperar

Há sempre esperança, do próximo ano este superar

Há sempre esperança, do mau governante ir passear

Há sempre esperança de não ter de partir, pela vontade de ficar

Há sempre esperança do emprego arranjar

Há sempre esperança, dum dia partir, porque quer viajar

Há sempre esperança, da nossa vida retornar

Há sempre esperança, da reforma chegar

Há sempre esperança, do clube ganhar

Há sempre esperança

Haverá?

Sem comentários: