terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Um contacto de um amigo da Escola Industrial e Comercial de Peniche

Porque este Blogue sempre foi um ponto de encontros, de pessoas que há anos não se viam ou falavam e através deste meio voltaram a contactar-se, não posso deixar de publicar este mail que também me comoveu de um colega nosso da Escola Industrial e Comercial de Peniche que quer entrar em contacto com antigos companheiros, aqui fica o seu relato, que o publico com todo o gosto, na esperança de que sirva os seus intentos:

 

Lá perdi um certo receio de o próprio não se lembrar de mim, nem os seus companheiros de jornada de Escola Industrial de Peniche. Fui morar para Peniche ainda muito pequeno. Considero-me Penicheiro. Tenho muita pena dos meus próprios amigos estarem dispersos ou esquecidos ou fazendo-se esquecidos. É claro que por opção profissional saí muito cedo, no entanto é engraçado que de Peniche HÁ uma trintena de "jovens" professores que por esse país fora foram dando aulas. Alguns regressaram outros ficaram pelas terras de colocação.O meu grande amigo Jacinto Sousa Pinto, o Valentim, o Bolhões(que por um qualquer motivo, deixou-me de fala),o Paulo Marques, o Piló Meca, o Elizio Barros, o Delgado, o Floriano (da Serra), o José Carlos,o meu querido Farricha Mamede, o meu mestre e colega Salsinha, o Romão Martins, o Constantino, o Bandeira e muito mais. Pois as memórias vão-se apagando.Longe da vista, longe do coração! Gostaria muito juntar estes e muitos mais num grande encontro de amigos e colegas da Escola industrial e comercial de Peniche que enveredaram, vejam lá por professores de trabalhos manuais - trabalhos oficinais - EVT /ET e Artes Visuais. Ao relembrar-me de cada um era impossível o que nos estava reservado! Neste momento muito difícil para mim as recordações veem e vão: são agradáveis.Estou à espera da aposentação após 42 anos de bons serviços à causa da educação. Não me arrependo! sinto tristeza depois do que dei a todos os miúdos sair com meia dúzia de tostões! Sem reparar só escrevi sobre a minha pessoa, mas o seu trabalho e de outros que sigo, são uma boa e sentida aragem de amizade, camaradagem e um sentir especial por todo o que diz respeito a PENICHE. Bem haja. António

António Marques <marques593@gmail.com>

Sem comentários: