sábado, 29 de março de 2014

A Nau dos Corvos–nunca é demais vê-la!

SAM_4673

3 comentários:

António Ângelo Ângelo disse...

Bela como sempre! Até quando?

Bom fim de semana. Um abraço

Elvira Carvalho disse...

Linda. Já a fotografei tantas vezes.
Um abraço e bom Domingo

Farelhão disse...

Não estou nada de acordo com o título da fotografia. Ficaria bem melhor assim: "Os Farilhões - sempre distantes e tão misteriosos". Mas não. Foste buscar uma pedrita calcária estratificada e com meia dúzia de anos. Dou-lhe mais uns breves 500 anitos de vida até o mar a desfazer. Irei assistir, ao contrário de vocês, a esse momento final. Eu e a minha vizinha ainda continuaremos por cá, por muitos e bons milénios.