segunda-feira, 21 de julho de 2014

O "dia dos amigos"

Hoje diz que é o dia do amigo, dizem que sim, cá para mim o dia do amigo é todos os dias e não é nenhum, já tive muitos, hoje tenho menos, uns morreram, outros afastaram-se, ou eu afastei-me, por vezes amigo não é quem nós queriamos, é o que é, e esse é o melhor, quando éramos miúdos os amigos fervilhavam à nossa volta, depois a vida afasta uns tantos, por que cada um vai à sua vida, uns mudam de estatuto e esquecem-se do que eram, porque na idade da inocência os amigos são todos iguais, depois não, quando somos mais velhos damos por nós a fazer contas, onde andam eles? Que nos fazem falta, desse tempo poucos nos restam, mas afinal existem outros, com outros pensamentos, outras ideias, palavras, discussões, prontos a dizer presente quando precisamos deles, mesmo poucos, ainda os há e dos bons.

Vivam os amigos.
Fotografia tirada na minha passagem por Gouveia, acho que se adapta à temática dos amigos.

1 comentário:

JNGF disse...

subscrevo o que descreves sobre os amigos, vão se contando pelos dedos e, lá diz o ditado "se queres saber quem são os teus amigos, fica doente" enfim. Eu até vou mais longe não tenho nenhum!