terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Gentes de Peniche

Ti António Nobre, numa das minhas saidas de campo para fotografar, encontrei o Ti António, lá tivemos à conversa, contou-me casos da vida do mar, pedi-lhe se podia tirar um retrato, aqui está, com toda a sua naturalidade e genuinidade.

1 comentário:

Anónimo disse...

Já não é a primeira vez que me orgulho de ver fotos do meu pai, pois tal como o Francisco Germano Vieira diz na sua publicitação"Gentes de Peniche" O meu pai na realidade é uma figura carismática da nossa terra tal como referes com muita naturalidade e sabedoria que foi adequerindo ao longo da sua vida do mar cheia de agruras e com muitas Histórias para contar. Muito obrigada por este presente.