sábado, 25 de abril de 2015

25ABR74


2 comentários:

Anónimo disse...

Tanta coragem, tanto sofrimento, tanta saudade, tanto esforço,tantos sonhos, para deixar-mos o cravo morre desta maneira.

Elvira Carvalho disse...

Uma imagem que vale por um discurso.
Um abraço e bom Domingo