quinta-feira, 2 de julho de 2015

Hoje pela maré vazia

Como de costume, aqui e ali, tentava-se apanhar uns polvos uma umas navalheiras, os velhos costumes ainda vão perdurando.












Sem comentários: