terça-feira, 29 de março de 2016

O FIM

Chegou ao fim esta aventura, chamada “Pinturas em Peniche”, tudo tem o seu tempo, este Blogue também tem o seu. Depois de mais de oito anos de actividade, umas vezes mais intensa outras menos, concluímos os dois, ele e eu, que passou o seu tempo.
Muito foi feito, num outro tempo em que não existiam as ferramentas comunicacionais que existem hoje, familiares contactaram-se depois de anos, amigos descobriram-se ao fim de muito tempo, divulgaram-se e cobriram-se eventos, alertaram-se as autoridades para carências varias, ajudámos a dar a conhecer ao mundo a nossa bela terra –Peniche- este Blogue contribuiu para isso, intervimos e fomos incómodos para o poder, demos opiniões em seu devido tempo, a maioria não foi levada em conta, mas isso faz parte da vida.
Hoje quero que este Blogue acabe dignamente, sem honra nem glória, mas pelo seu pé e de cabeça bem levantada.
Não será fechado, pois ficará à disposição de quem o queira consultar.
A todos os leitores e amigos deste Blogue as minhas mais cordiais saudações, um abraço, continuarei noutras plataformas de comunicação.

10 comentários:

José Carlos Romão disse...

Acompanho o seu blog desde o início. Fico portanto triste com a decisão de o encerrar, e agradeço-lhe pelos interessantes conteúdos que partilhou nos últimos anos. Obrigado :)

Elvira Carvalho disse...

Ando sempre por aqui, excepto quando estou ausente como foi o caso dos últimos 10 dias. Peniche é uma cidade de que gosto imenso, que visito todos os anos, uma a duas vezes, e de que gostava de saber as novidades.
Fico triste com o seu fim, mas o amigo terá as suas razões e eu não sou ninguém para contestá-las.
Um abraço e tudo de bom para si e sua esposa.

Carlos Tiago disse...

Amigo Francisco. Como eu sei dar valor ao que, imagino eu, estás a sentir. Quantas vezes já pensei fazer o mesmo. Não por deixar de Amar a minha Terra e os meus Amigos. Só por eles vou continuando a "lutar". Esta Cidade está a morrer. Lembras-te da vida que esta Cidade tinha até alguns anos atrás? Sabes tão bem ou melhor do que eu a falta de vida que esta Cidade tem hoje. Vamos às mais diversas Cidades desta Região e comparamos com a nossa; é uma tristeza. Nazaré, São Martinho, Caldas, Torres Vedras, já para não falar de Óbidos. Será que não conseguimos dar uma ajuda a repor a vida em Peniche? Não apagues o teu Blog. Mantêm-no em aberto e, quem sabe, brevemente teremos, de novo, a companhia dos teus apontamentos? Um forte abraço.

jp disse...

Lamento tanto, quanto respeito esta decisão. Parece que vingam os tempos do voyeurismo imediatista, descartável, consumista (leia-se facebookista) e relegam-se as reflexões, as intervenções, os testemunhos e registos da nossa história em comunidade e o deleite pelas belezas da nossa terra. Eram estas últimas perspetivas que o Pinturas em Peniche nos oferecia com toda o altruísmo próprio das gentes de Peniche de Cima.
Perdurará a amizade, essa indelével marca do nosso bairrismo...

Rui Mendes disse...

Boa tarde amigo, é com profunda magoa que vejo chegar ao fim o elo que nos últimos anos me tem mantido ao corrente, tal como decerto aconteceu com muitos outros num quase serviço público sobre as novidades e evolução da sua terra.
O seu blog embora transmitindo como é evidente a sua visão pessoal tem retratado a realidade e as ansiedades do dia a dia de quem vive a vida e as coisas simples que outros meios tal como seria de esperar veiculam de forma mais institucional e impessoal numa visão de proximidade sobre o que vai acontecendo em Peniche.
Tudo tem principio e fim tal como a vida é certo, resta-me portando aqui deixar o meu agradecimento.

Bem haja.

Abraço.

Rui Mendes.

Farelhão disse...

Obrigado, Germano. Neste país passou um tsunami e ainda estamos a lamber as feridas. Mais do nunca, tenho a certeza que a vida em sociedade tem que dar grandes voltas. Claro que gostaria que elas se dessem enquanto cá ando, mas não vai ser assim, face aos interesses instalados.
Enquanto Farelhão, continuarei atento ao que se passa nessa costa que é a minha. Longe, mas sempre perto, enquanto tiver vontade.
Bem hajas pelas tuas excelentes vistas de Peniche (de Baixo, claro).

ângela m. disse...

Lamento a decisão, pois gostava de espreitar as suas "pinceladas"...quem sabe, a vontade de "pintar" desta forma volte um destes dias e tenhamos mais "Pinturas em Peniche" para apreciar?! Parabéns pelo trabalho feito e votos de que em breve possamos voltar a esta "galeria" e ver quadros novos!

Anónimo disse...

Desde Espanha lamento muito o fim deste Blog

Álvaro Marques disse...

Após algum tempo sem visitar o teu Blogue fiquei surpreso com a decisão do seu encerramento. Compreendo-te perfeitamente e só tu és dono das tuas decisões, embora os "visitantes" tenham pena , mas ... a vida continua e espero que continues a desfrutar das belezas da nossa terra, com belas fotos por onde passas sendo essencialmente Peniche o "nosso" porto de abrigo(e encontro). Um obrigado por tudo aquilo que me puseste à disposição quer seja leitura, fotos, etc. ABRAÇO

Zé Pedrosa disse...

É assim que, aos poucos, Peniche vai ficando cada vez mais monocolorido, monocórdico e (pior que tudo) insciente.

Volta sempre, Xico.
Fazes-nos falta!