quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Fusão das Freguesias

 

areafregusiajudaFoi aprovada por maioria a fusão das três freguesias urbanas de Peniche, Ajuda, S. Pedro e Conceição, era previsível, dizem-nos que haverá racionalidade de meios e que não se justificava a separação. Quando se colocou essa questão, dei a minha ideia, a manutenção da Freguesia da Ajuda e a junção das outras duas. Não entendeu assim a Assembleia Municipal, soberana nestas questões, desvalorizando completamente a questão cultural da nascença de Peniche (Lugar de Peniche de Cima) coincidente com a Freguesia da Ajuda.

Aceito democraticamente a decisão, mas devo dizer que os costumes, feitio, bairrismo dos naturais de Peniche de Cima, se manterão até tempos muito distantes, mesmo que isso pareça de somenos a muita gente. Orgulho-me de pertencer a Peniche de Cima, mesmo que me digam com cantos de sereia (quando convém) isto é tudo a mesma coisa, é tudo Peniche ponto final, não é, saibam que não é, até no tratamento que recebemos do poder (todo o poder) somos diferenciados.

Que a nova freguesia chamada de Peniche, trate todos os munícipes por igual, talvez seja essa a única vantagem que eu vejo nesta fusão.

Já agora, não levem a mal, este bairrismo, mas enquanto se puder expressar livremente as nossas ideias não devemos coibirmos de o fazer.

Saudações Peniximeiras.

1 comentário:

Farelhão disse...

As divisões administrativas são uma coisa e as raízes culturais são outras. Podem até arranjar a freguesia que quiserem, mas, até onde a memória o permitir, continuaremos a falar em Peniche de Baixo e o "resto" (bairrista, eu?). O Vilas, ou terra de ninguém, ainda será lembrado por alguns anos, tal como os Remédios.
O nosso bairrismo é são, porque se sustenta na amizade e não no antagonismo.
Já agora e com amizade, vem a propósito dizer que se gostas muito de Peniche de Cima, não te importes, porque ninguém é perfeito.
Um abraço fraterno, Germano.
Viva a companhia da Bica!