sábado, 18 de agosto de 2018

Panorâmica da praia de Peniche de Cima, hoje


Acerca do Serviço Nacional de Saúde


No último ano tive problemas de saúde que me levaram a três Hospitais, além do Centro de Saúde local, foram, eles o de Peniche, Caldas da Rainha e Santa Maria, em todos tive um atendimento humano e profissional, digo isto como introdutório para a algazarra que para aí vai contra o SNS, falta de meios, greves, más condições, etc, etc.

Um serviço com esta dimensão exige meios do Estado (de todos nós) muito difíceis, em equipamentos, em meios humanos, em infraestruturas, em logística, etc.

De modo que há que haver algum cuidado/bom senso, quando se critica este serviço de capital importância para a população em geral e os mais necessitados em particular.

Na parte que me diz respeito, depois de ser assistido na urgência em Peniche e Santa-Maria onde fui tratado humanamente (tive essa sorte?), mas tive de compreender que o médico que me ia ver estava a operar e só muitas horas depois de ter dado entrada pude ser observado, em tudo, todos os exames a fazer foram feitos e tive sempre uma palavra amiga, porque se admiravam que eu nunca me queixava de nada (questão de feitio), nesse Hospital não me faltou nada no seguimento, depois fui para as Caldas para o CHO, aí encontrei três médicos não referirei nomes para não criar susceptibilidades, que foram de um profissionalismo e uma dedicação que não tenho palavras, para além do pessoal de enfermagem e até do pessoal de atendimento que merece ser bem tratado para que nós recebamos o mesmo tratamento.

Agora o meu processo vai novamente ser transferido para o Hospital de Santa Maria, onde serei de novo bem tratado, a um nível bem mais confuso, pudera, mas depressa me habituarei e estabelecer-se-á uma relação profissional e humana boa, não tenho dúvidas disso.

Os médicos não são adivinhos, são homens e mulheres com uma grande qualificação profissional e de formação, mas precisam de meios de diagnóstico, e sabemos que todos os exames são muito caros, aqui entra uma das dificuldades do SNS, no entanto há uma coisa que eu sei, podem ter os hospitais mais bem apetrechados e as melhores máquinas, se as PESSOAS não forem valorizadas, de pouco serve, o que eu quero dizer para terminar que já vai longo, é que são as PESSOAS que fazem o SNS e não adianta estar contra elas porque pedem outras condições de trabalho ou monetárias, são elas o motor a alma e o coração do SNS.

18/08/2018
FGV

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

O Restaurante

Acompanho desde o inicio a série que está a dar na RTP2, "Restaurante", uma série Sueca, excelente, do género a que a RTP2 já nos habituou, nele se retrata a vida como ela é, passa-se (à volta) num restaurante de luxo no pós-guerra e nele se retrata a natureza humana com tudo o que tem de mau,a ganancia humana bem representada, a maldade e o sofrimento até dos que passaram pelos campos de concentração nazis e tudo o que projecta para o futuro dos que sobreviveram. Vai com certeza acabar mal, mas talvez uma parte boa do ser Humano venha ao de cima, talvez...

Arte de Rua


Por ruelas de Peniche de Cima

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Aniversário, o teu aniversário

Sim, fizeste 11 (onze) anos, em condições normais já não estarias no activo, não tens a importância de outrora, não divulgas fotografias desta terra que 1855 pessoas não divulguem, tudo tem o seu tempo, já tiveste o teu, eram agradecimentos por todo o lado, o Peniche antigo e histórico, o Peniche das pedras e do mar, do pôr do Sol, e do nascer, do património, enfim da nossa História local, da cultura e das gentes.
Passou o teu tempo, mas não te vou abandonar, ficarás vivo até eu poder, até ao ultimo leitor, nem que seja só eu, então acabar-se-á tudo.
Ainda irás dando alguma coisa, algumas que uns não gostam e outros... ainda menos, ou não, talvez haja alguém que ainda procura uma coisa que lhe diga algo no "Pinturas em Peniche".
Vais continuar vivo mas com calma, que os nossos corações já não são o que eram, não te abandonarei como a uma coisa sem interesse, como está na moda.
Contens em ti muita coisa interessante, ainda um dia te procurarão para tirar apontamentos, mas não penses que levas algum agradecimento, tira o cavalinho da chuva, como diz o outro, mantém-te simplesmente digno. 

domingo, 12 de agosto de 2018

Corrida e Caminhada da Praia de Peniche de Cima

Como é costume realizou-se a tradicional corrida e caminhada da Praia de Peniche de Cima com a presença de dezenas de participantes, eu a exemplo do ano passado não consegui estar presente para a partida e chegada mas ainda deu para fotografar a partida do cimo das muralhas do Baluarte da Camboa.








 



sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Estacionamento provisório á entrada da cidade

Afinal havia razão quando se pedia aqui desde há 3 ou 4 anos que se deitá-se abaixo ou recolhesse até ao fosso (provisoriamente) a rede que ali estava e se aproveitasse o espaço para estacionamento, principalmente na época de verão, a fotografia aqui está a demonstrar que era útil e necessário, dezenas de carros puderam estacionar para ir à praia num destes dias. A reter e a melhorar.


quarta-feira, 8 de agosto de 2018

terça-feira, 7 de agosto de 2018

domingo, 5 de agosto de 2018

Conversas de circunstância, mas tão Humanistas


Boa tarde João, boa tarde Chico nunca te vejo,
Venho aqui quase todos os dias dar a minha voltinha, mas tu estás a trabalhar à sombra da muralha com certeza, porque é que não estás lá hoje com o Sol em brasa como está e tu a apanhares este escaldão em chapa? Queres que te vá buscar um chpéu ou um boné?
Não nino, deixa estar eu daqui a pouco vou embora
Porque é que não passas para a sombra da muralha, lá para dentro?
Sabes é que as crianças estão a brincar e eu tenho de estender o aparelho, deixa-as brincar à vontade
Sim, é isso João, vou andando, tem cuidado com o Sol
Está bem nino, adeus, até amanhã
Adeus

"Pilaretes" em Peniche de Cima

Enfim uma pequena obra em Peniche de Cima que já fazia falta, poder-se-à questionar a existência de pilaretes (os famosos), uma vez que existe um traço contínuo na berma. mas pronto foi feito e ficou engraçado.
Agora com a continuação podia avançar-se com a limitação de velocidade por radar até depois da Escola Primária.