quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Ontem andei pelo cais

Ontem andei pelo chamado cais da sardinha, assim chamado para diferenciar do peixe grosso que é fronteiro à Lota, mas ontém foi Quarta-Feira e parecia Domingo, o silêncio pesava, os barcos atracados e as redes tapadas à espera de outra ocasião, havia uma pequena traineira que vinha, mas não trazia nada, possivelmente não encontrou o que procurava, havia homens que conversavam com outros homens, de outra embarcação, são assim mais ou menos os dias do cais da Sardinha.














Sem comentários: